IASP debate a ineficácia e revogação de atos praticados antes da falência

15 de agosto de 2019

Por Avocar Comunicação

Comissão promove  seminário sobre insolvência e regimes de resolução;  discussão sobre os artigos 129 e 130 da Lei de Falências aconteceu dia 14; outros debates já estão programados

 

Dentro do Seminário “Instituições Financeiras – Insolvência e Regimes de Resolução”, a  Comissão de Estudos de Direito Bancário do Instituto dos Advogados de São Paulo (IASP) promoveu no dia 14 de agosto o debate “Ineficácia e a Revogação de Atos Praticados antes da Falência”.  Para falar sobre o assunto, foi convidado o desembargador Hamid Charaf  Bdine.

 O seminário acontece durante os meses de agosto e setembro na sede do IASP, para saber mais clique aqui.

Formado em Direito na Universidade de São Paulo (USP), mestre e doutor pela Pontífice Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e professor do Universidade Mackenzie, Bdine atua na 19ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

O desembargador destacou os pontos controvertidos dos artigos 129 e 130 da Lei de Falências e Recuperações Judiciais, proporcionando um elevado e interessante debate com o público presente.

 Participaram também da mesa o presidente da comissão Marcos Vinicio Raiser da Cruz e o vice-presidente Flavio Maia Fernandes dos Santos Flavio Maia e Marcos Raiser, Vice Presidente e Presidente da Comissão de Estudos de Direito Bancário do IASP.

 No dia 26 de agosto, a comissão discutirá o quadro geral de credores no processo de liquidação extrajudicial com o professor Eduardo Feliz Bianchini. As inscrições já estão abertas e as vagas são limitadas.

Luís Indriunas