Após solicitação do IASP e outras entidades, STF suspende julgamentos "em lista"

A partir de uma iniciativa conjunta do Instituto dos Advogados de São Paulo ( IASP), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Associação dos Advogados de São Paulo (AASP) e Centro de Estudos das Sociedades de Advogados (Cesa), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli suspendeu os julgamentos "em lista", que têm prejudicado os advogados que precisam se preparar antecipadamente para apresentar seus argumentos à Suprema Corte.

Saiba mais na reportagem veiculado hoje no Valor, clicando aqui.

Para conhecer o inteiro teor do ofício, clique aqui.

Luís Indriunas