A INSÍGNIA DO IASP (1917)

Em 27 de dezembro de 1917, sob a presidência do Prof. Dr. Fancisco Morato, aprovou-se a alegoria “CLARIVS QVAM GRATIVS OFFICIVM”, ou seja, em português, “PROFISSÃO MAIS ILUSTRE QUE AGRADÁVEL” a encimar uma coluna em cujo ápice se vislumbra uma lâmpada romana e um pergaminho tendo grafada a palavra latina “LEX”, “por exprimir em síntese elegante e no aspecto principal a verdadeira natureza das funções do advogado”, conceito esse estudado e proposto pela comissão especialmente designada para tal fim e integrada pelos seguintes profissionais do Direito: Drs. Abraão Ribeiro, Estevão de Almeida, João Sampaio (Presidente) e Plínio Barreto.